Picture
 
Picture

 

 

DEZ DICAS PARA UM BOM WEB DESIGN

  

     É mais difícil dizer quais as coisas boas que se devem fazer se nunca vimos um website verdadeiramente bom no que diz respeito à funcionalidade. O melhor dos maiores sites é provavelmente o amazon.com, desde o final de 1998, mas no decorrer do ano de 1999 a Amazon baixou a sua funcionalidade devido a uma estratégia de imprecisão relativamente ao focus do site.

Segue-se uma lista de dez elementos adicionais de design que incrementam a funcionalidade de todos os sites virtuais:

  • Colocar o nome e o logotipo em todas as páginas e fazer no logo um link para a página inicial (excepto na própria página inicial onde o logotipo não deve jamais ter um link para a própria página).

 

  • Disponibilizar uma opção de pesquisa se o site tiver mais de 100 páginas.

 

  • Escrever cabeçalhos e títulos simples e directos que expliquem claramente qual o conteúdo da página e que faça sentido quando é lido fora do contexto desta, através de uma busca.

 

  • Estruturar a página para facilitar o scanning e ajudar os utilizadores a ignorar blocos maçadores da página num simples piscar de olhos: por exemplo através da utilização de agrupamentos e subtítulos a partir de uma longa lista poder-se-á chegar rapidamente a uma lista mais pequena e perceptivel. 

 

  • Em vez de colocar tudo sobre um produto ou um assunto numa única e infinita página, deve-se utilizar hipertexto para estruturar o espaço disponível na página inicial que disponibiliza uma visualização e várias páginas secundárias que focalizam-se no seu tema específico. O objectivo é permitir aos utilizadores evitar desperdiçar tempo nos sub-temas que não lhes interessam.

 

  • Usar fotografias de produtos, mas evitar páginas cheias dessas mesmas fotografias com toda a família de produtos possíveis. Deve-se então ter uma pequena fotografia de cada produto numa página individual e fazer um link dessa fotografia para uma ou mais fotografias de maior dimensão que mostre mais detalhes adequados às necessidades dos utilizadores. Esta situação varia de acordo com o tipo de produto. Alguns produtos poderão ainda necessitar de fotografias com zoom ou rotativas. devendo estas opções ser remetidas para páginas secundárias. A primeira página que contém o produto deve ser rápida e limitada a um plano da fotografia reduzido.

 

  • Utilizar uma imagem reduzida e relevante quando se preparam pequenas fotografias e imagens: em vez de simplesmente redimensionar a imagem original para uma pequena e ilegível fotografia, deve-se fazer um zoom dos detalhes mais relevantes e utilizar uma solução combinada de corte e redimensionamento.

 

  • Utilizar link's com títulos para permitir ao utilizador, visualizar antecipadamente para onde se encaminhará cada link antes de clicar.

 

  • Assegurar que todas as páginas importantes estão acessíveis aos utilizadores com deficiências, especialmente aos invisuais.

 

  • Fazer o mesmo que os outros fazem: se a maioria dos grandes websites fizer algo de certa forma, devemos segui-los desde que os utilizadores esperem que o site funcione da mesma forma. Deve-se ter em conta que os utilizadores gastam a maioria do seu tempo noutros sites, e é ai que criam expectativas acerca do funcionamento da web.

Para finalizar, deve-se sempre testar o design do site com utilizadores reais numa situação real. As pessoas têm as atitudes mais estranhas e inesperadas, pelo que mesmo o projecto mais cuidadosamente planeado terá algo a aprender com os testes de funcionamento.

 

 

  Introdução

Quem Somos

Serviços

Portfólio

Dez Dicas para um Bom Web Design

Dez Erros em Web Design

Links

Contactos


Site Optimizado para resolução de: 1024x768 pixels | Última Actualização: quinta-feira, 02 de Outubro de 2003

Copyright © 2003 PedroReis WEBDESIGN. Todos os direitos reservados. Não é permitida a cópia total ou parcial deste site.

REDE OPENMIND:  Microsistemas - Electromagnetismo - OpenMind  - SolPlan Lda - ElectroReis Lda - PedroReis WebDesign